Pular para o conteúdo principal

Entendendo o formato do modelo RSS padrão

O uso de nossa integração de campanhas de RSS para enviar suas campanhas de RSS permite a você enviar automaticamente suas últimas postagens de blog, atualizações de notícias ou outro conteúdo diretamente para as caixas de entrada dos seus assinantes. Ao optar por usar nosso modelo RSS padrão, você pode tornar esse processo ainda mais fácil, pois ele fornece um formato pré-projetado que você pode personalizar com sua própria marca e conteúdo.

Se não estiver familiarizado com o funcionamento dos feeds RSS, ou para saber como compartilhar os seus com os leitores usando nosso modelo de campanha de RSS e a integração, recomendamos consultar nossa série de 3 artigos:

Sobre o modelo RSS padrão

O modelo RSS padrão é criado automaticamente quando você cria uma integração de campanha de RSS em sua conta. Ele está disponível na página Modelos sob o nome Modelo RSS padrão - EN [Editor 2020]. O modelo RSS padrão permite a você recuperar automaticamente os posts do seu blog e os adicionar a uma campanha de e-mail. Isso significa que você não precisa criar manualmente uma nova campanha sempre que quiser atualizar seu público-alvo sobre o novo conteúdo do seu site.

Como isso é possível? O modelo RSS padrão contém dois elementos que nos permitem preencher dinamicamente o conteúdo de seus e-mails com dados dos seus artigos: Um bloco repetível pré-configurado com nomes de chaves (tags RSS).

Como o modelo RSS padrão é formatado?

Para ajudar você a entender como o modelo RSS padrão é formatado, criamos uma campanha de RSS baseada no feed RSS do Blog da Brevo que compararemos com o modelo RSS padrão e explicaremos como os blocos repetíveis e os nomes de chaves são usados no modelo.

Vejamos um exemplo de como é uma campanha de RSS depois de enviada e preenchida com os dados de um artigo:

Articles

E também como o modelo RSS padrão original aparece no Editor Arrastar e soltar:

repeat_new.jpg

Nomes de chaves (tags RSS)

Os nomes de chaves no modelo RSS padrão são placeholders que você pode usar para recuperar os dados dos principais elementos das postagens do seu blog:

  1. {{ item.ENCLOSURE }} para a imagem do artigo
  2. {{ item.TITLE }} para o título do artigo
  3. {{ item.PUBDATE }} para a data de publicação do artigo
  4. {{ item.DESCRIPTION | safe }} para a descrição do artigo
  5. {{ item.LINK }} para o URL do artigo

Repetir bloco

A opção Repetir bloco permite a você transformar um bloco de conteúdo simples em um bloco repetível. Com um bloco repetível, é possível criar e formatar modelos de e-mail e campanhas que contenham variáveis para uma lista de itens (no nosso caso, os artigos do blog) que serão substituídos dinamicamente no momento em que o e-mail for enviado.

Não será necessário duplicar o bloco se você quiser que vários artigos sejam exibidos. Quando a opção Repetir bloco é ativada para um bloco, ele repetirá o padrão para quantos artigos você desejar. Basta modificar o limite nas configurações Repetir bloco. Para saber mais sobre a opção Repetir bloco, consulte nosso artigo dedicado Repita um bloco de itens em seus e-mails.

Como personalizar o modelo RSS padrão?

❗️ Importante
Se você não estiver familiarizado com os feeds RSS e os nomes das chaves, recomendamos personalizar o design do seu modelo RSS padrão sem modificar os nomes das chaves.

Personalizar o design de seu modelo de e-mail

Antes de usar o modelo RSS padrão em sua integração de campanhas de RSS, você deve personalizá-lo com sua própria marca adicionando seu logotipo, cores, fontes etc., usando o Editor Arrastar e soltar.

💡 É bom saber
Você também pode usar nosso recurso de Biblioteca de marcas para aplicar automaticamente os ativos da sua marca ao seu modelo RSS.

[Avançado] Personalizar os nomes das chaves em seu modelo de e-mail

❗️ Importante
Use os nomes de chave do item somente em um bloco repetível. Se usado fora de um bloco repetível, não poderemos recuperar os dados das publicações do seu blog.

Os nomes das chaves são placeholders que você pode usar em seu modelo de e-mail para recuperar dados sobre seu site e postagens de blog. Eles são criados com base no nome das tags em seu feed RSS.

No corpo do e-mail, um nome de chave é usado entre espaços e entre chaves duplas. Ele é composto por duas partes:

  • A primeira parte é "feed" ou "item":
    • Use "feed" para tags RSS usadas dentro da tag <channel>, por exemplo, {{ feed.PUBDATE}}.
    • Use "item" para tags RSS usadas dentro da tag <item>, por exemplo, {{ feed.TITLE}}.
  • A segunda parte é o nome da sua tag RSS.

Para recuperar os dados dentro da tag RSS <title> usada dentro da tag <item>, usamos o placeholder {{ item.TITLE }}.

💡 É bom saber
Se houver dois pontos ":" no nome da tag RSS, como em <content:encoded>, substitua-o por um sublinhado "_" no nome da chave, por exemplo, {{ item.CONTENT_ENCODED }}.

Configuração avançada para nomes de chaves

  • Para evitar que tags HTML indesejadas apareçam em seu e-mail, é necessário adicionar o filtro "safe" ao seu nome de chave da seguinte forma: {{ item.DESCRIPTION | safe }}. Para saber mais sobre filtros, consulte nosso artigo dedicado Como modificar a formatação de seus placeholders usando filtros.
  • Não use nenhum filtro de fuso horário de localização, como time_in_location, com o nome de chave {{ item.PUBDATE }}. Para saber mais sobre filtros, consulte nosso artigo dedicado Como modificar a formatação de seus placeholders usando filtros.
  • Normalmente, as imagens são incluídas na tag RSS<content:encoded>. Se suas imagens não estiverem sendo exibidas com o nome de chave {{ item.DESCRIPTION | safe }}, você poderá alterá-lo para {{ item.CONTENT_ENCODED }}.

⏩ O que vem a seguir?

🤔 Dúvidas?

Em caso de dúvida, sinta-se à vontade para entrar em contato com nossa equipe de suporte, criando um tíquete a partir da sua conta. Caso ainda não tenha uma conta, entre em contato conosco aqui.

💬 Este artigo foi útil?

Utilizadores que acharam útil: 3 de 5